estudare-post-001

Você sabia que o Brasil é o país que tem o maior número de dentistas do mundo?

Que 19% dos dentistas do mundo estão aqui?

estudare-post-003

De uns tempos para cá a oferta de faculdades de Odontologia no Brasil aumentaram significativamente, aja visto que em 10 anos abriram aproximadamente 85 novas faculdades.

 

Com esse aumento de oferta mais e mais pessoas têm optado por fazer este curso e com isso a Odontologia tornou-se bastante popular no Brasil.

Formam-se mais de 10 mil novos dentistas por ano e com tantos profissionais se formando na área e tantas alternativas no mercado, o que fazer para ter sucesso após a formatura?

 

Para ajudá-lo nessa questão, levantamos as principais possibilidades de atuação para o dentista recém-formado. Veja a seguir e escolha a que melhor se encaixa nas suas preferências e no seu contexto!

 

1 – Consultórios Particulares

Montar um consultório próprio é um investimento alto e, normalmente, quando a pessoa se forma, ainda não tem esse recurso, a não ser que o pai ou alguém da família ajude.

No entanto, se o recém-formado tiver condições para isso, ainda assim precisará pensar em como conseguirá sua clientela para se manter nesse ramo tão concorrido, porque manter um consultório de portas abertas dá despesa!!!, portanto precisa ter rendimentos pelo menos para atingir o ponto de equilíbrio (entradas = despesas).

Ter dentistas na família com quem você possa trabalhar ou se unir com outros colegas para abrir um consultório pode ser um bom começo para conquistar seus próprios pacientes.

 

2 – Clínicas Odontológicas

Clínicas populares são cada vez mais comuns, e como esses lugares atendem à população por preços bem acessíveis, normalmente contratam profissionais recém-formados, cujo salário não será muito alto.

O fluxo de pacientes nessas clínicas é grande em comparação com consultórios tradicionais, no entanto, isso pode ser bom ao dentista recém-formado que visa obter mais experiência.

Há também clínicas grandes, que trabalham com vários convênios. Nesse caso é importante checar o valor que o dentista receberá, pois frequentemente é muito baixo e acaba não valendo a pena para o profissional, principalmente depois que descontam o imposto de renda, pense nisso!!!

3 – Concursos Públicos

Prestar concursos, para trabalhar em postos de saúde, Polícia Militar, Forças Armadas e demais órgãos públicos é uma boa opção principalmente no inicio da profissão para aqueles que buscam estabilidade e segurança financeira, pois, querem ter seu salário garantido! Com 13° salário, férias etc…..

Já não é uma boa opção para quem é um pouco mais ambicioso e quer ganhar mais dinheiro com a odontologia, ter Liberdade Financeira, Liberdade de tempo e Liberdade de decisões, como em consultórios particulares.

No entanto, para prestar Concursos públicos, a concorrência é grande e requer tempo e dedicação para se preparar para as provas.

É bom também lembrar, que ao passar no concurso nem sempre se começa a trabalhar de imediato, por isso talvez seja melhor ter um plano B, se você precisa se sustentar ao sair da universidade.

4 – Carreira Acadêmica

Emendar a faculdade em um mestrado, por exemplo, também é uma opção.

Para aqueles que gostam dessa área, há várias bolsas que possibilitam continuar estudando e seguir carreira acadêmica, mas normalmente, você fica na dependência de uma contratação de uma Instituição, para ter uma estabilidade financeira de longo prazo e nem sempre isso é muito fácil.

5 – Cursos de Especialização e Aperfeiçoamento

Independentemente do que você escolher fazer assim que sair da universidade, continuar estudando e se aperfeiçoando é extremamente aconselhável.

Hoje em dia a concorrência em qualquer profissão está acirrada e, se você não continuar estudando e se especializar perderá lugar para profissionais mais qualificados. Assim, atualização constante é de suma importância!

 

estudare-post-004

 

Há diversas áreas dentro da Odontologia em que você pode se especializar. Opte pelo segmento que você tem mais afinidade e que seja útil para o ramo que você queira seguir, como Implantodontia, ortodontia ou endodontia.

 

Invista também em cursos de atualização, pois frequentemente surgem novas técnicas e instrumentos na área e você precisa acompanhar essa evolução.

O essencial é que você não pare de investir em sua carreira, mesmo após sair da faculdade.

 

Resumindo, você pode abrir seu consultório logo no início, optar por fazer concursos públicos, seguir carreira acadêmica, trabalhar em clínicas ou, até, aceitar trabalhos voluntários, que farão com que você adquira experiência e contatos com outros profissionais, mas atualize-se sempre, e garanta seu espaço no mercado!

 

por: Prof. José Arnaldo Pires